11 de abril de 2011

Braço forte, mão amiga.


Você, jovem, que completa 18 anos em 2011, compareça à junta militar mais próxima de sua casa e aliste-se no serviço militar brasileiro. Mas nós sabemos que, sendo menor de idade e não tendo ainda a dispensa do exército, você não tem um emprego. Portanto, prepare-se, passará seu dia, das 7:00 às 14:00, na companhia de seus amigos, alistando-se.
Se eu escrevesse a convocação do exército ela se pareceria com o texto isso!

Chega uma hora na vida de um menino, entre o fim do ensino médio e o começo do desemprego, que ele deve começar a ser homem. Não estou falando de ter filhos e constituir família, já que alguns fazem isso no ensino fundamental mesmo, estou falando do alistamento militar. Junte um pouco da burocracia brasileira com os personagens americanos de filmes policiais e você terá o ambiente de uma junta militar.

O alistamento é dividido em 4 fases:
1 - A senha: como todo procedimento padrão, a senha é importantíssima, pois te dá uma base de quanto tempo de sua vida será perdido.
2 - A espera: pode levar de 1 hora a 1 hora e meia, porém não acontece uma vez só. A espera aparece em diversos momentos durante o alistamento e seu único colega durante essa fase será a cadeira, que tomará chá com você e te aliviará do cansaço.
3 - Juramento da Bandeira: Momento épico em que jovens brasileiros colocam sua vida a disposição da pátria. Nesse momento todos ficam em posição de sentido, tiram os bonés e tocas e você descobre que muitos não sabem o Hino Nacional e nem o significado de palavras como exortar, hierárquico e corte de cabelo.
4 - Dispensa Militar: Os nomes são chamados e com destreza deve-se assinar 5 vezes e imprimir a digital em 3 locais. CUIDADO! A tinta que restou na sua mão pode sujar a roupa do atendente quando ele te cumprimentar. Guarde-a para sujar a roupa do guardinha que te humilhou durante o processo todo.

Veja agora um guia prático do que fazer no dia do alistamento militar:
As horas de espera podem te levar a momentos de extremo tédio, por isso você pode brincar de imaginar que todos na sala são carecas. Brincadeira propícia, já que a possibilidade disso acontecer em faculdades públicas e juntas militares é bem grande;
Verifique todas as saídas de emergência, nunca se sabe quando um atirador maluco pode entrar na sua sala, afinal, é mais coerente acontecer isso em uma instituição militar do que em uma escola;
Se você for de descendência internacional, se use disso! O pessoal do exército adora missão de paz. Faça sotaque, conte histórias da luta de sua família e demonstre grande agradecimento pela pátria que te acolheu;
Existe sempre um atendente bonzinho e um mau! Certifique-se de que você está sentado na cadeira que será atendida pelo bonzinho, trocando de lugar com alguém, se necessário. Você terá muito tempo para confabular e prever isso.

Nada como um bom guia do que não fazer, espelhe-se nisso e saia da enorme estatística de tapados que são humilhados e temem o alistamento militar:
Quando ninguém está fazendo nada em uma sala cheia de gente, até coçar a orelha vira atração. Não faça movimentos bruscos e nem se levante, ou será alvo de dezenas de olhares;
Se quiser deixar o celular ligado, coloque para vibrar ou troque a música. Se por acaso tocar ‘Crazy’ da Britney, a possibilidade de você ser chamado para o exército será maior;
Roupa social, para o exército, significa qualquer coisa com botões. Se você for de vestido com botões você será bem tratado, mas se por acaso for de top, levará uma bronca;
Leve os documentos certos e deixe seu RG falso em casa. Eles não ligarão para a falsificação, mas levará uma bronca por não ter se alistado antes.

Diante das minhas experiências em relação ao alistamento militar, que – graças a Deus! – só acontece uma vez na vida, pude concluir algumas coisas, as quais você poderá verificar quando chegar seu fatídico dia:
Os garotos da sua idade são extremamente feios, portanto, se você ainda está solteiro é por incompetência sua, e não por concorrência;
Ser testemunha de Jeová te priva de muitas coisas, inclusive de servir sua pátria e tomar chá de cadeira por mais de 5 horas, tsc.
• Mesmo sendo o processo de alistamento extremamente demorado e cansativo, é melhor se alistar do que menstruar por 40 anos.

Beijos camuflados
:*

VIDEO! Se o comercial do alistamento fosse feito desta forma, as coisas seriam mais esclarecedoras e atrativas.

5 veredictos.:

Lê Laranja disse...

O texto ficou muiito legal, mas o que é isso de menstruar 40 anos? Seu machistaaa! --'
Pelo menos não preciso de certificado pra saber se eu menstruei! UAHUAHAUAHU

Muito inteligente e explicativo, como sempree! ^^

Larissa' disse...

ficou mt bom,criativo sempre! HAHAHAHAHA parte machista no final +1 KSKOAKOS

Bruna disse...

kkkk Achei ótimo o texto! Me fez mais feliz em saber que eu sou uma mulher! Apesar de passar 40 anos menstruando... (o que, aliás, só me impede de entrar na piscina ou no mar.....) hahahaah Parabéns pela criatividade! ;)

Amanda Costa disse...

affi que injustiça, ser homem é mt mais fácil pqp kkk
texto mt bom, como sempre *-*
creditos a mim que divulgo sempre no twitter!! rs flw

Mihh' disse...

SEM DÚVIDA é melhor se alistar do que menstruar 40 anos! (serei, eu, uma mulher machista por isso? ¬¬')
Fora que, quantas vezes eu já disse isso?, se eu fosse um garoto eu gostaria muito de servir o exército... Se quer saber, ainda bate uma vontade quando recebo aqueles panfletinhos... pois é, pois é...
E depois de ver esse vídeo aí... meeu, "metralhar o inimigo, atirar com bazuca, atirar com bazuca de novo". Tô indo lá me alistar NOW!
HUAAAHUHAUHAUHUAHUHAUHAU'